A Verdadeira História de Jafar e Aladdin

Posted By on nov 4, 2018 | 0 comments


Meio por acaso, descobri no Youtube a peça “Twisted”, a história de Aladdin que a gente conhece, mas dessa vez contada do ponto de vista de Jafar. 

Com esse achado de Twsited, acabei conhecendo trabalho da StarKid Productions, criadores da peça.

Imagem relacionada

O Gênio da Lâmpada

StarKid é uma companhia que nasceu na Universidade de Michigan, em 2009, com “A Very Potter Musical“, já no estilo musical-paródia que marcaria o estilo das produções seguintes.

Muito antigos. Muito modernos.

StarKid tem algo das antigas trupes teatrais, onde todo mundo faz tudo, mas ao mesmo tempo fazem um teatro sintonizado com os dias de hoje. As peças são também filmadas para o Youtube e com legendas colaborativas em vários idiomas. As produções, financiadas com apoio de fãs do mundo todo.

Depois vieram  “Me and My Dick“, “Holy Musical, Batman!“, entre outras, e “Twsited“. Ainda no tom de sátira, esse musical é onde a companhia realmente cresce: em letras, músicas, elenco e na construção da história.

Resultado de imagem para team starkid twisted

Jeff Blim

O elenco é maravilhoso, mas eu recomendo prestar atenção em Jeff Blim, que interpreta Aladdin e que se destacou pela primeira vez como o vilão de “Holy Musical, Batman!”. Além do seu Aladdin impecável, ele expressa todo seu talento no musical seguinte, “The Trail to Oregon” , baseado no clássico game. Jeff Blim, além de protagonista, é autor da peça, das músicas e das letras, e ainda dá uma canja no sax no último número. The Trail to Oregon tem a curiosidade de deixar você escolher o final, entre quatro opções. Muito Starkid….

Também de Jeff Blim (músicas, letras, história) é a nova produção “The Guy Who Didn’t Like Musicals” , um “musical de terror” que já está em cartaz e deve sair no Youtube em novembro de 2018.

Segundo uma crítica recente, Starkid está mudando a face do Teatro Musical. E gostando ou não de musicais, eu recomendo assistir Twisted, pelo menos até a sequência do flashback no primeiro ato, onde Jafar relembra sua história. Chega a ser tocante. No segundo ato, a cena do tapete mágico é de chorar (de rir).

Depois de assistir incontáveis vezes, Twisted virou pra mim a versão oficial da história, e aquela da Disney é só conversa fiada de vendedor… (apesar do inesquecível Gênio).

Fica o trailer, pra dar uma ideia. A peça completa está disponível no canal oficial com legendas em português.

A Revolução de Hamilton

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *